Ícones da moda – Grace Kelly


Os anos 1950, conhecido pelos anos dourados, foi a década que lançou as divas do cinema. Hollywood, que se consolidou como o principal pólo de produções cinematográficas, lançava naquela época, ícones femininos que foram eternizados através das telonas. Uma das principais representantes desta lista de divas do cinema foi ninguém menos que Grace Kelly, que transportou para a moda toda a sua elegância e sensualidade transformando algumas peças de seu guarda-roupa em ícones atemporais, além dos inúmeros figurinos que ficaram marcados por filmes como Janela Indiscreta e Amar é Sofrer.

PautaGrace2

É dona de um estilo elegante, refinado e cheio de personalidade. Estilo esse que amadureceu depois de se tornar a princesa de Mônaco, devido ao seu casamento com o príncipe Rainier III em 1956. Usava marcas como Chanel, Yves Saint Laurent e Grès, e colocava seu toque pessoal em todas as produções. Embora tenha sido fã de grifes renomadas, usava também modelos desenhados por estilistas não muito conhecidos, fato comprovado por seu vestido de noiva (que ficou eternizado e influenciou a escolha de Kate Middleton há alguns anos), desenhado pela figurinista Helen Rose, transformado depois, em peça de museu. Fã de saia godê, abusava de estampas florais durante o dia para looks casuais e jamais usava sapatos com saltos muito altos. Nos acessórios, não dispensava as luvas, óculos escuros e as jóias, que eram suas melhores amigas.

PautaGraceNoiva

Kelly fez história ao usar vestidos que ficaram eternizados, não só no cinema, mas também nas premiações e eventos que participou como princesa. Seus looks de red carpet influenciam até hoje a escolha de personalidades atuais do cinema. Transportou toda a feminilidade para a roupa, como no longa Amar é Sofrer, em que usou um vestido de Tafetá azul e o criado por Edith Head para o Janela Indiscreta, que se transformou em um dos modelos mais conhecidos da história do cinema.

PautaGrace3-1

PautaGrace-2

Durante a gravidez, como uma tentativa de preservar sua barriga dos flashes dos fotógrafos, ela costumava usar a bolsa Hermés posicionada na frente da barriga. O gesto despretensioso alavancou tanto as vendas que a marca decidiu rebatizar o acessório de Kelly Bag.

PautaGrace4

Paula Pianezzola

Executiva da área de projetos, formada em Administração de Empresas. Consultora de imagem e apaixonada pelo mundo da moda.

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *